sábado, 7 de janeiro de 2012

Zogii (Meu marido)

Olá Meninas! Olá Habibi!
Hoje eu acordei mais feliz, afinal ontem resolvi a minha discussão com habibi.. =)
Realmente ele estava cego de ciúme.
Ciúme porque estou conversando com o amigo dele Ibrahim e porque eu disse que no Brasil é normal comprimentar as pessoas (homem ou mulher) com 1 beijo em cada buchecha e um abraço.. (Pelo menos aqui no Rio de Janeiro é assim)... Enfim...
Quando perguntei a ele como ele vai cumprimentar as minhas amigas quando ele estiver no Brasil, ele disse que apenas com um olá distante, sem encostar...
Por uma lado, não vou mentir.. até gostei porque NINGUEM vai TOCAR no meu habibi.. hahahaa
Ah!! Tenho que dizer a verdade, eu também morro de ciumes dele... Mas sinceramente não teria ciume das minhas verdadeiras amigas, porque confio nelas e porque confio nele..
Vou tentar me habituar a algumas diferenças de nossas culturas, mas ele tambem precisa entender que é tudo muito diferente e que coisas que ele acha normal eu nao acho e voce versa. certo?
Entendo que todas nós somos apaixonadas pelos nossos habibis, mas nao podemos mudar totalmente nossa forma de ser para agrada-los, eles precisam entender muita coisa e respeitar nossas diferenças. certo?
Quando disse isso para ele, ele disse que JAMAIS vai aceitar um homem tocar em mim (mesmo que só para me cumprimentar).. Nem sei o que dizer.. vou esperar para ver o que acontece uando ele estiver aqui.
Li um pouco sobre o Islam e ele me disse algumas coisas também, e eu entendi que na cultura deles o HOMEM MANDA NA CASA, mas... vamos ser sinceras.. Imagina como vai ser diferente para mim..
Cuido da minha vida e mando e desmando na minha casa desde meus 11 anos, quando a minha mãe ficou doente e eu cuidava de tudo sozinha (inclusive dela). A minha mãe faleceu em Novembro de 2010 e eu cuido de mim,  ninguem me dá ordens... Imagine como vai ser se Mohamed for irredutivel e não aceitar nada que eu falar?
Conheço Mohamed ha 9 anos, sei muito sobre ele e sobre o temperamento dele e acredito que somos bastante flexiveis, acredito que poderemos conversar e discutir calmamente todos os nossos assuntos e problemas... Ele diz que a palavra final é dele, mas acredito que uma boa conversa, podemos escolher o melhor caminho e achar as melhores soluções. Espero que eu esteja certa.
Não acho certo ele mandar em tudo e eu só obedecer calada e eu não acho certo eu querer que ele mude tudo e faça o que quero na hora que quero. Juntos decidiremos o que é melhor para nós dois.
Mas... ele precisa saber ouvir... Quando ele esta de cabeça quente ele só sabe dizer "Cala a boca" e fica 15 minutos sem falar.. Isso me deixa com uma raiva!!!!! Mas depois que passa eu até entendo o que ele quer com isso... quer que nossos animos se acalmem para conversarmos..
Foi o que aconteceu ontem a noite...
E ele ainda disse que tem uma surpresa para mim... Comprou um presente para mim e eu estou MUITO CURIOSA!!!!
Mas acho que ele s'o vai mandar no meu aniversario.. 11 de Fevereiro... até lá espero não morrer de curiosidade. hahahaa...
Espeor que todas vocês estejam bem com seus habibis e espero que possamos ser felizes ao lado de quem amamos. :) isA
Kisses, Mary

Obrigada pela ajuda de vocês!!!!!!!!!!!!!!!!

6 comentários:

  1. Adorei esse teu post.. e praticamente concordo em tudo..
    Eles realmente querem ter a ultima palavra em tudo, bom pelo menos no começo. Depois de tanto tempo conversando com meu habibi e fazendo a cabeça dele nos já concordamos que vamos mandar 50% a 50% em casa e em tudo.. Eu tive que mudar e ainda mudo por minha relação assim como ele.. Apesar de ser filha de arabe nós somos um pouco relaxados, sei exatamente como é a cultura mais nos nunca seguimos isso aqui em casa então pra mim é diferente. Porém apesar de tanta discussão eu e meu habibi vamos vivendo entre tapas e beijos HAHAHAHA.. Estou feliz por você ter feito as pazes com seu amado.. Abraços, May.

    ResponderExcluir
  2. ola querida mary, realmente estou chocada como vc se apaixonou tanto por esse egipcio. Sabe minha querida, queria muito poder te conhecer pessoalmente de ajudarrr mesmo de todo meu coração, nao se iluda com esses homens. Eles sao assim no começo amorosos, educados, fingem que sao inocentes e na verdade existem outra face. Sou casada com um arabe e sei do que falo eles querem nos iludir e para depois nos jogar ou simplesmente para arrumar outra, o que é tipico deles. Sabe querida, se vc realmente ve que ele é uma otima pessoa e que realmente ele nao brinque com teus sentimentos, vá ao encontro dele. Não deixe ele vir no brasil isso poderia afetar teu relacionamento porque as influencias aqui sao muitas.
    Conheço um egypcio chamado Mahmoud que vive aqui em sp, ele casou-se com uma jovem tao bela quanto vc ficou 4 anos tiveram 3 filhos e depois arrumou uma bem safada mesmo, imagine quase uma prostituta, isso é inaceitavel. Hoje essa amiga minha chora, por nao ter como voltar atras se arrepende de ter conhecido um cafageste.
    Bom Mary quero muito que de certo seu relacionamento com ele, espero que ele nao seja com milhares que conheço por ai, ja que tenho casa de cambio aqui em sp e meu pai tem amizade com libaneses, egypcios, palestinos por isso eu os conheço bem e sei das safadezas que aprontam por detras das mulheres.
    um grande beijo.
    Boa sorte.

    ResponderExcluir
  3. anônimo... acho que generalizar assim é um pouco absurdo. Acho que todo toque é válido pra pessoa entender como a cultura do outro é diferente, mas o fato do arabe vir pro Brasil nao pode mudar o caráter dele... só se for um hipócrita, e isso existe em todo lugar e vc reconhece um assim morando no Egito ou em qualquer lugar.. o q faz o mal é a pessoa falsa, nao o lugar onde ela mora. Eu acho meio absurdo esse tipo de generalização, afinal se for se falar por experiencia, eu conheço varios egipcios bem casados no Brasil e mto amorosos com suas familias!!

    ResponderExcluir
  4. Mary, vc conhece seu habibi há 9 anos???? ou vc quis dizer 9 meses? :)
    Pois é... no Islam é dito que em alguns aspectos o homem teria um maior poder/ controle... não sei qual palavra usar, pois acredita-se que a mulher é mais sentimental que o homem, e que certas atitudes/ações devem ser tomadas racionalmente (não vou discutir minha visão sobre isso)... MAS não tem essa dele se apoiar nesse argumento para querer mandar não. Como vc mesma disse, é preciso conversar para se chegar a um acordo e assim viver em harmonia. Se vc já deixa isso claro pra ele, será mais fácil lidar qdo vcs estiverem juntos de verdade.
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Me chamo Juliana e meu habibi se chama Ashraf....um LINDO....e lendo este post...ri muito, porque meu habibi odeia minhas fotos no facebook com meus amigos "gays" me abracando....ele nao se conforma de ter que tirar foto e deixar um amigo me abraçar na foto...toda vez que posto foto nova no facebook, nós brigamos no skype ou no bbm....as vezes me divirto, porque sao coisas tao bobas...hehehehhe
    Bjs to adorando seu blog....
    Conheci por acaso e nao consigo parar de ler.....

    ResponderExcluir
  6. Me chamo Juliana e meu habibi se chama Ashraf....um LINDO....e lendo este post...ri muito, porque meu habibi odeia minhas fotos no facebook com meus amigos "gays" me abracando....ele nao se conforma de ter que tirar foto e deixar um amigo me abraçar na foto...toda vez que posto foto nova no facebook, nós brigamos no skype ou no bbm....as vezes me divirto, porque sao coisas tao bobas...hehehehhe
    Bjs to adorando seu blog....
    Conheci por acaso e nao consigo parar de ler.....

    ResponderExcluir

Oie! Obrigada por participar!
É um prazer receber você aqui.
Beijos, Mary