domingo, 29 de julho de 2012

Efeito Ramadan

Ola habibas! Tudo bem? Espero que sim...

Essa semana eu não estava muito bem, estava pensando muito na minha vida e em tudo que esta acontecendo agora.
A maioria de vocês sabe que amo Mohamed há 9 anos e já tentei esquecer esse amor, mas foi impossível. Deus colocou ele na minha vida mais uma vez, por isso vim para o Egito, me casei e estou fazendo o meu melhor. Estou aqui há quase 2 meses e vocês não podem imaginar tudo que estou vivendo (de bom e de ruim aqui).

Vivi situações maravilhosas e amo acordar, olhar para o lado e ver meu príncipe que sonhei por 9 anos... Quando decidi vir para cá eu imaginava a dificuldade que teria por causa da diferença cultural, da língua... Mas não imaginava que seria tão difícil.

Por isso hoje estou aqui para abrir meu coração, já que sempre pude contar com vocês.
Tem gente que diz que eu me exponho demais escrevendo no blog sobre a minha vida, mas sinceramente, existem momentos que eu preciso do apoio das pessoas que já viveram, estão vivendo ou vão viver o que eu estou vivendo agora.

Enfim...Quando voltei a falar com Mohamed pela internet e ele me pediu em casamento, ele disse que o sonho dele era se casar com uma muçulmana e que seria perfeito se eu fosse muçulmana. Então com ajuda de algumas meninas do grupo pesquisei sobre o islam na internet, gostei do que vi e resolvi me converter.

Depois da conversão e do casamento comecei a observa que aqui no Egito as coisas são bem diferentes.. Ele disse que me ajudaria a entender melhor o islam, que me ensinaria a rezar e que se eu pudesse, deveria tentar fazer o jejum no mês do ramadan. Mas um pouco antes do ramadan comecei a sentir muitas dores na minha perna esquerda (que tive trombose e 2004) e quando falei com meu medico ele disse que PRECISO beber muita agua e não posso parar os medicamentos. Então desisti do jejum..
O ramadan começou e minha vida simplesmente MUDOU! Nos últimos dias senti ele mais estressado, dormindo demais.. Às vezes me sinto sozinha aqui e não tenho muitas amigas... Alias.. agora perto de mim só tenho uma amiga.. A Sarah Camargo (que eu conheço pessoalmente). Por isso vivo falando com vocês no facebook (quando a internet funciona).

Entendo que deve ser muito difícil ficar de jejum o dia todo (das 4 horas da manhã até as 7 horas da noite), sem beber agua nesse calor insuportável.. Mas, queria que ele entendesse que para mim também é muito difícil estar aqui.
Bem.. imagine minha situação... Tenho 28 anos, morava no Rio de Janeiro, desde meus 11 anos de idade era dona do meu nariz e fazia tudo que queria (porque minha mãe ficou muito doente quando eu era bem nova e eu que cuidava dela e de mim).. Enfim... Nunca usei drogas, sempre procurei fazer as coisas certas e sempre tive liberdade para fazer o que queria quando queria. Na minha casa nunca lavei um copo (porque sempre tive alguém para fazer).
Estou em um país totalmente diferente, precisei trocar minhas roupas juntas e curtas por roupas longas e largas (em um calor de 45 graus), sendo que no Brasil as mulheres usam roupas mais justas e com menos pano, mas nem sempre estão vulgares, mas aqui não existe isso.. Ou se cobre, ou é vulgar! EU EM CUBRO!

Todas as vezes que vou para rua TENHO QUE usar o hijab.. (amo usar hijab, é lindo mas quando está muito calor me estressa). Não entendo nada que as pessoas falam na rua, na TV, no rádio e no telefone e na casa da família dele. Quero conversar, mas não posso! (Somente com ele quando ele está acordado) ou com as meninas no facebook (quando a internet ajuda)..
 Aqui faço tudo na minha casa, não sabia cozinhar e estou vendo receitas na internet para fazer o meu melhor... (nem sempre fica bom).

Aqui tudo é complicado... Moramos em um bairro que está sendo construído AL ABOUR CITY.. aqui as ruas não são asfaltadas, raramente vejo recolhimento de lixo, pelo que percebi não podemos ter telefone em casa porque (ainda não chegou linha telefônica) e eu sinceramente não quero me mudar daqui, porque amo esse lugar... Aqui é distante do Cairo e da família dele, mas aqui você não escuta buzina o tempo todo é um lugar calmo, bonito e tem um centro aqui perto com shopping, restaurantes e tudo que precisamos. É um lugar bom para começar uma vida juntos e para eu me acostumar aos poucos com as diferenças culturais.. Aqui tem dificuldades por ser novo, mas não trocaria esse bairro pelo centro do Cairo ou por Zagazig...
Não gosto muito do que conheci do Cairo, acho lindo Zagazig, mas ainda prefiro estar aqui em Al Abour.

Então imaginem a minha situação.. literalmente um peixe fora d´gua. Tudo novo, tudo complicado e com o Ramadan “sozinha”...
Essa semana fiquei triste por me sentir sozinha as vezes. Conversamos muito, nos entendemos e não quero mais brigar, não quero mais me sentir triste. Sei que ele está se esforçando para me agradar e sei que ele às vezes ele deixa eu fazer coisas que não são muito certas porque ele sabe que é difícil para mim.. eu também estou fazendo meu máximo para agradar ele e para construirmos nosso “castelo”, nossa família..
Hoje estou aqui escrevendo tudo isso para que vocês (meninas que ainda não vieram para o Egito) entendam que aqui as coisas são diferentes, às vezes da vontade de pegar o primeiro avião de volta para o Brasil, mas se você ama de verdade, você terá paciência e com o tempo se acostumará com as diferenças... Você respeitando ele e ele respeitando você. Os DOIS precisão ceder o tempo TODO! Senão o relacionamento não vai para frente!

Não pense que os “habibis” são diferentes e que não vai ter briga e que você vai viver um conto de fadas, porque não é bem assim... Você terá muita dificuldade e vai precisar aprender, dia após dia...
Não me arrependo de estar aqui, não me arrependo de ter me casado e não me arrependo de ter me convertido ao Islam.. Sei que preciso aprender muiiiiiiiiiiiiito sobre tudo isso e sei que preciso melhorar muitooooo, mas estou tentando.

Então boa sorte para cada uma de vocês que quer AMAR e SER AMADA.
Porque eu, sinceramente NUNCA FUI AMADA como sou amada agora e NUNCA AMEI como amo esse homem. Ele é o maior e melhor presente que Allah poderia me dar.

Em todo relacionamento tem discussão, desentendimento, cumplicidade, amor, carinho.. É preciso ter paciência e tentar não magoar o outro para ser feliz.
É o que algumas meninas que são casadas com Muçulmanos me disseram hoje...Ele mudam no mês do ramada.. Acho que não é consciente, mas eles mudam então precisamos ter paciência, porque é muito difícil. E o ramada só termina em 20 de Agosto... Vamos esperar! =)
Mas hoje foi um dia maravilhoso e tudo esta perfeito!!!!!! Graças a Deus!!!! =)

Beijos, obrigada pela força e pelo carinho de todas.

Mary (Mariana Vaz ou Maryem Fouzy) =P


2) Fazer o Suhur muito tempo antes do Fajr. Algumas pessoas comem o Suhur poucas horas depois do Tarawih ou do 'Isha, isso é errado. Deve comer-se perto do horário da oração do Fajr.

3) As pessoas não fazem a niyyah (intenção) para jejuar no Ramadan. Isto é algo que está dentro do coração e não precisa ser verbal. Além disso, ela só precisa ser feita uma vez, no início do Ramadan, e não todos os dias.

4) Se você descobrir tarde demais que o Ramadan já começou, deve parar de comer e deve jejuar neste dia, e em seguida, repor esse dia depois do fim do Ramadan.

5) Muitas pessoas acham que o Tarawih não é rezado na primeira noite do Ramadan. Eles acreditam que devem rezá-lo depois do primeiro dia em que realmente jejuou. Esquecem-se que o calendário islâmico é regido pela lua e o Maghrib marca o começo de um novo dia.

6) Muitas pessoas acreditam que comer ou beber por acidente quebra o jejum. Isso é falso, se fizer isso por acidente, então deve continuar em jejum e não necessita repor este dia noutra altura do ano.

7) Algumas pessoas são da opinião de que ao ver alguém a comer ou beber, não se deve lembrar o mesmo/a que ele/ela está em jejum. De acordo com o Shaykh Bin Baz, isto é incorrecto e é um comando de Allah que nós ordenemos o bem e proibamos o mal. Assim, podemos dizer à pessoa, pois, assim, estaremos a proibir o mal.

8) Muitas irmãs acreditam que não podem usar Hennah durante o jejum. Isso é incorrecto, elas estão autorizadas a usá-lo durante Ramadan.

9) Algumas pessoas acreditam que quando estão a cozinhar, não podem provar a comida para ver se a quantidade de tempero está adequada. Isto é falso, e é permitido no Islam, desde que a pessoa que esteja a cozinhar não coma a comida. Pelo contrário, eles podem prová-la para ver se ela precisa de sal ou mais especiarias.

10) Muitas pessoas pensam que não se pode usar o siwaak ou uma escova de dentes durante o Ramadan. Isto é incorrecto, pois o Profeta costumava usá-lo. Além disso, pode se usar a pasta de dentes; o raciocínio feito pelos estudiosos é que o siwaak libera apenas um aroma na boca, assim, a pasta de dentes também é permitida (se não a engolir).

11) Algumas pessoas fazem o Adhan do Fajr mais cedo. Eles fazem isso para que as pessoas possam parar de comer antes do Fajr e para que não invalidem o jejum. Isto está errado e é algo que não devemos fazer.

12) Algumas pessoas fazem o Adhan do Maghrib mais tarde. Eles fazem isso para as pessoas possam começar a comer mais tarde, no caso de que o horário do Maghrib ainda não tenha entrado. Isso também é errado e não devemos fazê-lo.

13) Muitas pessoas acreditam que não se pode manter relações sexuais com seu cônjuge durante todo o mês do Ramadan. Isto é incorrecto, não se pode fazer isso só durante os momentos em que se está a jejuar. Entre o Maghrib e o Fajr é permitido.

14) Muitas mulheres acreditam que se o período menstrual delas acabar e elas não fizeram o Ghusl, não podem jejuar naquele dia [considerando que o seu período ababou à noite, e elas foram para a cama sem Ghusl, e ao acordar elas não tiveram oportunidade de o fazer]. Isto é incorrecto, se uma mulher não fez Ghusl ela ainda pode jejuar.

15) Muitos homens acreditam que se tiveram relações sexuais com as suas esposas e não fizeram Ghusl (semelhante ao anterior), então ele pode não jejuar na manhã seguinte. Isto também é incorrecto, pois ele pode jejuar, mesmo se ele não tiver feito o Ghusl.

16) Algumas pessoas rezam as orações do Dhur e Asr juntas durante o Ramadan (principalmente em países árabes). Isto é incorrecto e deve ser evitado.

17) Algumas pessoas acreditam que não se pode comer até que o Muadhin tenha terminado o Adhan do Maghrib. Isto é incorrecto, a partir do momento em que ele começa, pode quebrar-se o jejum.

18) Muitas pessoas não tiram proveito do acto de fazer Du'a antes da quebra do jejum. Esta é uma das três vezes em que Allah mais aceita o Du'a de uma pessoa, sem barreiras.

19) Muitas pessoas cometem o erro de passar o final do Ramadan a preparar-se para o 'Eid, negligenciando assim o seu jejum. Isto é incorrecto e tais pessoas esquecem-se do real motivo de jejuar neste mês.

20) Muitos pais não deixam os seus filhos jejuar durante o Ramadan (crianças). Isto é algo que prejudica a criança. Ao permitir que ela jejue, ela irá crescer consciente da excelência deste acto.

21) Muitas pessoas pensam Ramadan é apenas deixar de comer e falham ao controlar seus temperamentos e ao observar o que dizem. Na realidade, devemos controlar os nossos temperamentos e bocas ainda mais durante o Ramadan.

22) As pessoas muitas vezes fazem mal uso do seu tempo durante o Ramadan. Dormem durante o dia e não fazem mais nada além disso. Devemos aproveitar este mês abençoado para fazer Ibadat (adorações) extra.

23) Algumas pessoas não viajam durante Ramadan. Elas acreditam que devem quebrar o jejum quando se viaja. Na verdade, isto é opcional, se quiser quebrar o seu jejum durante a viagem, pode [desde que o compense mais tarde], e se não quiser pode continuar a jejuar.

24) Muitas pessoas que estão aptas não fazem I'tikaf na mesquita. Devemos aproveitar a nossa boa saúde e gastar o máximo tempo possível no Masjid, especialmente nos últimos dez dias do Ramadan.

25) Algumas pessoas acreditam que não podem cortar os cabelos ou unhas durante o Ramadan. Isto também é incorrecto.

26) Algumas pessoas dizem que não se pode engolir a saliva durante o Ramadan. Isto também é incorrecto.

27) Algumas pessoas creem que não se pode usar óleos perfumados ou perfumes durante o Ramadan. Isto é incorrecto.

28) Algumas pessoas acreditam que o sangramento (resultado de ferimento) quebra o jejum. Isto não é verdade.

29) Algumas pessoas acreditam que se vomitar por acidente isto quebra o jejum. Isto não é verdade, a menos que vomite intencionalmente.

30) Algumas pessoas pensam que não se pode colocar água no nariz e na boca durante o wudoo' no Ramadan. Isto é incorrecto
>> Conheça o nosso grupo no FACEBOOK!
“Habibi no Egito” - Para meninas que amam um Egipcio!


Observação: Não estou em momento nenhum falando MAL sobre o Islam ou sobre o Ramadan, apenas estou comentando o fato que eles MUDAM MUITO e não sentem...
Preste atenção se seu habibi não esta mais  ausênte ou impaciênte.. 

18 comentários:

  1. 1° ^^ eu acho

    2 brigas serias em menos de uma semana...

    Efeito Ramadan.. com certeza

    te entendo Mary em genero numero e grau e olha que eu estou longe dele... Paciência e paciência

    Allah te abençoe e te de muita paz mary...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não entendo que ficar de jejum no mês Sagrado faz com que uma pessoa que faz o máximo para agradar Allah fique de mal humor e estressado!!!

      Creio eu que não é isso...
      mas Allah sabe mais...

      Beijokassssss...

      Hanan Mustafa

      Excluir
  2. cOLOQUEI EM MEU BLOG UM TEXTO exatamente COM O MESMO TÍTULO! parece sim que els mudam no Ramadan!

    ResponderExcluir
  3. Antes de qualquer coisa procurem estudar mais sobre a religião, o mês sagrado do Ramadan é o mes mais lindo do ano, o mês da revelação do Alcorão Sagrado e não é só Habibis como vcs falam q faz jejum, cuidado com a ira de Allah, tenham mais respeito pela religião, a nossa passagem aqui é apenas gozo da vida terrena a verdadeira vida é junto de Allah, somos provados o tempo tdo devemos prestar mais atenção as coisas e aos nossos atos aki na terra,é um tempo de reflexão de meditação de estar mais perto de Allah, tem muitos sites bons para estudo antes de se perderem em palavras atiradas ao vento, o tempo é muito valioso e Allah facilitara e se agradara mais de vcs se procurarem mais o estudo, eu poderia simplesmente ler isso e deixar passar mas com tantas coisas tristes q nossa religiao passa ao redor do mundo como o genocidio em Burma na birmania, deviam rezar por elas, se preocupar mais com o proximo e desprender mais da vida mundana, a vida nao é facil pra ninguem é dever do muçulmano buscar o conhecimento, e Allah certamente deseja a facilidade e nao a dificuldade, Ele beneficia quem quer de seus amados, faça mais oraçoes e viva mais pra vc mesma e nao se preocupe tanto com os panos q envolvem teu corpo, pq perante Allah isso nao tem valor algum, procure abrir mais teu coração pras coisas de Allah, e desculpe se escrevi demais nem sempre aquele q sempre concorda com vc é o mesmo q quer teu bem, fale menos de vc e procure viver mais tua vida, muslima com orgulho. Allahu akbar.

    ResponderExcluir
  4. O Ramadan nao nos deixa de mau humor pelo contrario nos deixa mais preocupados em agradar a Allah em tds os sentidos, desculpe mais uma vez o desabafo, nao foi por mal ou por ofender qualquer uma de vcs pelo contrario mais perto de Allah maior sera a felicidade de vcs aki nessa terra,pensem nisso, hj me despeço daqui fiquem tds com Allah na minha mais sincera modestia de conhecimento e de td meu coração desejando a nossa nova irmazinha td de bom nessa vida e na verdadeira vida, vc sera muito muito feliz mesmo insh Allah, td de bom pra vc.bjs.Allahu Akbar

    ResponderExcluir
  5. ola Mary, só com palavras dá perceber o que vc está sentindo, e dá pra ver que nao é facil, viver noutro país, tudo diferente,mas o lado bom é que vc quer aprender cada dia que passa mesmo com dificuldades, a vida é mesmo assim, mas com o tempo as coisas mudam, eu espero que vc possa sentir isso mais tarde, bons tempos virão,fica bem e por favor nao fica triste nao, o mais importante agora é que voces estao juntos mesmo com muita coisa pra enfrentar, pensa sempre que vc tem ele do seu lado pra todos os momentos, bem amiga fica bem, cuida bem de vc, e pode desabafar sempre que quizer porque estamos sempre aqui, bjs Allah Hafiz

    ResponderExcluir
  6. Mary eu escrevi muuuuitos posts no meu blog sobre a dificuldade de se morar num pais de cultura tao diferente...principalmente a islamica! eu bati muitas vezes nessa tecla... Moro na Turquia e quase todas as garotas q fantasiam um mar de rosas aqui por causa da beleza da regiao, se perguntam mais tarde o q estao fazendo aqui!?

    Se vc acha q deve ficar e nao se arrepende, ja eh um passo enoooorme e tenha força! Tudo vai se encaixar com o tempo... Eu levei bem uns 6 meses pra me acostumar ... me acostumar e respeitar e nao a aceitar!

    No mes do Ramadan é normal dormir mais... eu por respeito a religiao dele, estou fazendo e nao é facil... tenho dormido muuuuuuuito e ele tambem! Mesmo sendo um mes de elevaçao a Deus, num calor insuportavel, sem ao menos beber agua, ınconscientemente as vezes pode sim o mau humor bater... meu marido trabalha o dia todo sob pressao e as vezes se pega invocado, mas conversando tudo se ajeita e volta a se acalmar! Deus sabe que nao eh questao de religiao e sim de sermos humanos... e estamos todos propensos a falhas e isso nao significa q vc ou seu esposo ame menos a Deus!

    Nao se sinta sozinha... Deus estah contigo! Saiba q essa sensaçao VAİ PASSAR ! Acredite em mim ! VAI PASSAR!
    Estou aqui torcendo por vc e lhe entendendo muito, porque nao eh facil... e sobre se expor, cada um faz aquilo q lhe faz sentir melhor... Uma pessoa independente da religiao, quando julga uma outra pessoa ja estah pecando... Qdo existe respeito ninguem fala nas costas e muito menos na frente de tantos, simplesmente com amor, chega ate vc de modo partıcular e lhe diz seus pensamentos sem julgamento...

    Entao nao fique chateada com o q os outros falam!!! Siga em frente! Deus é contigo minha querida!

    Beijos e fica em paz!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Desculpe se lhe ofendi a intenção nao foi essa nem ao mesmo julgar como vc disse, mesmo pq quem julga é Allah e Ele não da a carga alem q possamos suportar, eu escrevi sobre Ramadan sobre a força q tem esse mes e o grande beneficio q ele pode nos dar, cada um pensa como quizer eu dei a minha opiniao vc a sua e por ai vai. Allah dara forças a ela suficiente pra tds os designios insh Allah, Allahu akbar ...

      Excluir
    2. Bem que aqui poderia ter um botão de curtir, pois eu curtiria mil vezes o comentário da Katita :). Sempre com sábias palavras...
      Bom, Mary, tudo que eu poderia falar a Katita e outras já falaram. Mas saiba que estamos aqui para te apoiar e te ajudar em tudo. E tenha perseverança que Insha'Allah essas dificuldades de início vão passar.
      Beijão
      Allah Hafiz

      Excluir
  7. Assalamu Alaikum Wr Wb!

    Amada irmã, sei que não é fácil viver num lugar que é totalmente diferente do nosso!

    Eu em breve passarei pelo mesmo, mas já faz 2 anos que venho me preparando para quando chegar a hora de ir para o Sudão se Allah quiser eu esteja firme e forte...

    Já sei que terei que ficar só e me sentir só, sobre fazer as coisas, sempre fiz e não tentrei dificuldade nessa questão, calor sei que é muiiiiito...

    Enfim, estou mais que preparada para tudo (espero *rsrs)

    Agora o que me resta te dizer é paciência e trabalhe sua mente quando se sentir só e triste com seu habibi...

    Pense e se é ele, como ele ficaria no Brasil, sem entender nada, num lugar diferente do dele com uma pessoa diferente dele...

    Pois ele está sentindo o efeito de não ser mais só e ser a 2!

    Hoje meu esposo e eu vivemos muito bem e felizes Graças Allah!

    mas durante o inicio de 2 anos era só briga e brigas, 2 pessoas diferentes, abetos diferentes, jeitos diferentes... Até se acostumar e um entender e saber compreender o outro leva um bom tempo...

    Então amada irmã tenha paciência, por tudo no seu tempo certo!

    Que Allah facilite a vc todas as coisas. Amin!

    O outro comentário exclui por favor ;)

    Beijokasssssssssssssss...

    Maa salamah

    Hanan Mustafa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ainda bem que não apareceu o outro comentário que tinha ido errado *rsrsrs...

      Excluir
  8. Habibaaa!!! Olha, pelo que sempre ouvi falar eles mudam no mês do Ramadam sim. É natural, é inconsciente. Eu quando fico sem almoço meu humor muda, imagina jejuar por um longo período?? Como disse a Katia, isso vai passar!! Meu marido passou pelo mesmo aqui no Brasil, muitas dificuldades de adaptação, os primeiros meses de casamento muitas brigas, muitas mesmo. Todos os dias peça a Deus muita paciência e amor no lar. Você vai ver como tudo vai melhorar! Não se sinta sozinha, voce está com seu amor que hoje é seu marido e tem nós aqui!!! Beijossss

    ResponderExcluir
  9. Oi, minha querida!Tambem sou carioca, mas moro aqui no Japao. Nao se preocupe. Eu tambem estou passando pelo meu primeiro Ramadan depois que assumi cum compromisso com um muculmano. No comeco foi um choque ele quase nao falar comigo e me mandar pouquissimas mensagens. Mas,antes do Ramadan comecar, ele me explicou tudo direitinho sobre o Ramadan, o que significa para os muculmanos, etc.Eu tambem ja jejuei antes, quando ainda era crista. Realmente o jejum nao eh facil e para querer ter mais contato com Deus, eh preciso mesmo se abster nao so de comida, mas de muitas outras atividades. Nos meus dias de jejum, eu trabalhava normalmente, mas nas folgas eu nao ia passear nem nada. Ficava aproveitando para a estudar a Biblia (isso, na epoca que eu era crista) e para orar. Entao, por ja ter passado por algo parecido, esta sendo mais facil entender a mudanca repentina dele. Mas, creio que se passar pelo Ramadan, passa por qualquer outra prova!Um grande abraco e que Allah te de bastante paciencia e tambem sabedoria para lidar com as situacoes e diferencas culturais. Mas, eu creio: o amor verdadeiro sempre vence no final.

    ResponderExcluir
  10. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  11. Ola, gostaria de saber se tema lguma maneira de entrar em contato contigo facebook ou skype para poder me dar uma luz com muitas coisas, estou com uma garota indonésia e é islamica e fico preocupado por jão saber muito como "funciona" isso.. grato ^^

    ResponderExcluir
  12. ola pode me adicionar no face, Janaina Openheimer, adoraria conversar com voce e saber mais, meu noivo e do Egito também e eu estou no brasil

    ResponderExcluir
  13. O meu habibi tb esta diferente durante o Ramadan.

    ResponderExcluir
  14. Uma pergunta que não cala...se eu fizer amor com o meu habibi antes de casar,ele vai mesmo assim ter um relacionamento sério cmgo?
    Por favor, podem me responder?

    ResponderExcluir

Oie! Obrigada por participar!
É um prazer receber você aqui.
Beijos, Mary