sexta-feira, 7 de setembro de 2012

É preciso saber viver.. e acreditar!

Olá meninas!
Primeiramente quero agradecer o carinho e a preocupação de vocês.
Hoje acordei melhor e depois de conversar muito com habibi e ouvir muitos conselhos resolvi mudar o foco. Vou buscar coisas interessantes para fazer, vou me empenhar em estudar e vou procurar mais clientes para eu fazer meus sites. (sou webdesigner)
Eu lutei tanto para chegar ate aqui... agora estou aqui pertinho do meu amor e não posso desistir.  Quem foi que disse que ser feliz é fácil? Precisamos lutar diariamente e precisamos saber nos habituar a mudanças. Mudar é uma coisa boa. E quem me conhece sabe que tenho garra e coragem, só preciso ter mais PACIENCIA!
A vida é feita de escolhas e eu fiz a minha.
Allah está vendo o quanto sofri para chegar ate aqui e vai me dar força e maturidade para saber esperar. Tenho certeza!
O que quero dizer para vocês que querem vir para o Egito é:
Aqui é difícil, mas não é impossível! Tem que amar muito e ter muita paciência.
Mas é possível ser muito feliz aqui. Mesmo com tantas diferenças.
Sei que meu habibi me ama, que sofre quando eu sofro e que quer fazer de tudo para eu ser feliz, mas nem tudo que ele quer ele pode fazer, então preciso realmente saber esperar.
Depois de pensar muito...
Entendi que sou mais feliz aqui do que era no Brasil.
Porque aqui eu tenho a minha maior conquista, O MEU AMOR. Um homem carinhoso, companheiro, divertido, amigo, fiel, romântico e muito especial.
Peço a Allah que ilumine NOSSO caminho e nos dê o que for melhor para nós.
Porque sei que aqui é difícil para mim e sei que o Brasil sera muiiiiito difícil para ele.
Obrigada a todas pelas palavras.
Vocês são lindas!
Fotinho : Habibi e eu olhando o RIO NILO =)
Que romanticoooooooo!
 
 
Beijos

Mary (Mariana Vaz ou Maryem Fouzy) =P

>> Conheça o nosso grupo no FACEBOOK!
“Habibi no Egito” - Para meninas que amam um Egípcio!

quinta-feira, 6 de setembro de 2012

Abrindo o coração, mais uma vez..

Oi habibas!

Vocês sempre me agradecem por eu falar um pouquinho sobre a minha vida, sobre o que sinto, sobre o que vi e o que estou aprendendo nesse relacionamento que estou vivendo com o habibi. Mas eu que tenho que agradecer pelo carinho, pelo apoio, pelas palavras amigas. Obrigada a todas, por TUDO!

Sabe.. viver no Egito não é fácil...

Você liga a TV e só vê as pessoas falando árabe...

Você vai na rua e não pode fazer NADA sozinha, porque você não entende as pessoas e as pessoas não te entendem você (só se a pessoa souber falar inglês)

Sabe aquelas vezes que você quer sair sozinha e caminhar para espairecer? Não posso fazer isso, porque habibi não quer que eu saia sozinha porque tem medo de eu me perder...

Aqui às vezes eu não sei muito como me comportar na rua, então a maioria das vezes fico calada, evito falar ou fazer muitas coisas

Não posso abraçar meu habibi quando tenho vontade

Não posso dar um pulo de alegria no meio da rua (quando estou feliz) ou gritar.. Não posso expressar muito meus sentimentos

A maior parte do tempo fico em casa, e confesso que estou cansada disso..

Sinto saudade dos meus amigos, de trabalhar, de estudar, da comida brasileira, sinto saudade de ir no Mc Donalds e comer meu cheddar (aqui não tem o sanduiche Chedar Mc Melt, sinto saudade de ouvir musica alta (que não seja musica árabe)..

Sinto saudade da minha liberdade!

Sinto saudade de fazer o que tenho vontade na hora que tenho vontade.

Tem gente que me pergunta: Você está FELIZ?
A minha resposta é: SIM estou feliz porque estou perto do homem que amo, mas a minha felicidade não é completa porque falta muita coisa.. falta a minha vida e minha identidade. Entende?

As pessoas acham que aqui é um conto de fadas... Hahahaha...
Desculpe, mas não é! Não estou dizendo que é horrível morar no Egito, só é muito diferente da minha realidade, e confesso que tem horas que quero voltar para o Brasil...

Quando brigo com habibi então... a minha vontade é pegar o primeiro avião e voltar...

Saudade de abraçar minhas amigas, de ouvir palavras de carinho em português, saudade de tanta coisa...

Quando brigo com ele, falo que quero voltar para o Brasil, e ele fica triste..
Diz que vai fazer o possível para irmos para o Brasil assim que ele tiver a resposta do exercito (se vai entrar ou não)... Mas.. não sei porque no fundo do meu coração eu acho que isso está tão distante...

Não sei o que acontece, mas por mais que ele seja carinhoso e amoroso comigo, acho que ele não consegue compreender o que sinto. Não acho que é por mal, acho apenas que é difícil.

A realidade dele é esse país, a minha realidade é meu país, minha vida e minha liberdade. Liberdade essa que vocês (se vierem para cá não vão ter).

A realidade é dura mas estou sendo sincera.

Gosto de cuidar da nossa casa, gosto de cuidar dele, fazer comida..
Mas sou mais que isso entende?
Sou uma mulher de 28 anos que quer terminar a faculdade de jornalismo e um dia ser radialista ou assessora de imprensa... Quero estar casada, ter meus filhos, mas quero além.. Não quero ser apenas uma dona de casa dependente 100% do marido.

Não sei.. mas tô sentindo a minha vida PARADA demais e isso esta me fazendo infeliz..

É como se eu estivesse 50% feliz... Tenho um homem maravilhoso, mas não tenho a MINHA VIDA.

Bem.. esse é meu desabafo de hj..

beijos

Mary (Mariana Vaz ou Maryem Fouzy) =P
>> Conheça o nosso grupo no FACEBOOK!
“Habibi no Egito” - Para meninas que amam um Egípcio!