sexta-feira, 31 de outubro de 2014

Amo um egípcio, e agora?

Olá Meninas! Tudo bem?
Ando sumida, eu sei, mas estou muito enrolada com meu trabalho de webdesign e marketing e os afazeres domésticos e a criação da minha princesa Jasmin que está com 1 ano e 6 meses e não fica mais paradinha no bebê conforto vendo TV...rs  Agora ela não pára!
Continuamos morando aqui em Cabo Frio e eu tenho uma novidade!

Somente este mês tivemos a resposta do ministério da justiça e só agora meu marido conseguiu a autorização para ficar no Brasil. E ainda vai demorar 2 meses para a carteira de identidade de estrangeiro sair.
Estamos felizes com a notícia e aliviados já que ele deu entrada 15 dias após o nascimento da Jasmin e só agora teve resposta.

Bem... Inúmeras vezes eu penso em escrever aqui, tento ficar pensando em temas e tal, mas como sempre recebo emails de mulheres apaixonadas por arabes, acabo sempre escrevendo sobre isso... E quase sempre é sobre alertas.

Tem umas mulheres por ai que dizem que eu sou invejosa quando dou esses alertas e quando digo para não casarem por procuração. Mas eu pergunto: Inveja do que? Sou casada com um Egípcio há quase 3 anos, tenho uma filha linda e estamos vivendo uma vida tranquila aqui no Brasil. Não continuei morando no Egito porque eu não quis e porque senti muita saudade do nosso feijão pretinho e pão francês.
 Não tenho motivo nenhum para ajudar ninguém. Não ganho dinheiro, tão tenho ajuda e faço isso apenas porque me vejo na obrigação de ajudar mulheres que estão carentes, apaixonadas e se sentem sozinhas nessa situação.

Quando eu conversava com o Mohamed pela internet eu me sentia sozinha, me sentia triste, me sentia maluca, já que todas as minhas amigas diziam isso de mim. E cá entre nós, é meio loucura você estar caindo de amor por uma pessoa que você nunca viu!

Antes de conhece-lo sonhei e senti nas pontas dos meus dedos como se tivesse tocando nos cachinhos de cabelos molhados dele... Isso não é loucura?

Pois é... SOMOS LOUCAS! INCOMPREENDIDAS E temos que nos unir para nos dar força, para descobrir se eles nos merecem ou não. Por isso estou aqui e continuo ajudando vocês.

Esses dias recebi um email que me chamou atenção e por isso resolvi postar aqui a minha resposta que dei a mulher que me escreveu.

""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""

Oi minha linda!
Bem.. não quero te decepcionar, mas um homem de caráter JAMAIS aceitaria dinheiro ou ajuda financeira de uma mulher, ainda mais quando se trata de um homem da cultura árabe, que é extremamente machista... Para eles a mulher fica em casa cuidando dos "10 filhos" que eles querem ter e eles saem pra trabalhar e colocar dinheiro dentro de casa.

A situação econômica no Egito está muito difícil e a maioria não tem dinheiro para casar. Casar no Egito não é como casar aqui no Brasil... O homem precisa ter dinheiro para bancar a casa sozinho e além disso precisa ter dinheiro para o DOTE. É isso mesmo!! Eu me casei no Egito e lá no meu contrato de casamento está escrito o DOTE que ganhei e uma parcela desse dinheiro vai para o governo. A maioria das mulheres egípcias não escolhem o marido. É a familia que escolhe e se o cara não der um dote legal, simplesmente não casa... Isso não é por mal, mas a maioria NÃO trabalha então precisam ter uma segurança quando se casam, já que podem um dia se divorciar e uma mulher divorciada por lá geralmente NÃO CASA outra vez.

Outra coisa muito importante é: RARAMENTE uma família aceita que um homem casar com uma mulher muito mais velha... A diferença de idade de vocês é MUITO grande e dificilmente a família dele vai aceita.. Isso não é regra, mas é quase certo que não aceite.

Sobre a família dele..  Você os conhece? Já falou com eles pela câmera? Se ainda não falou, peça para ele e se sua "sogra" não falar inglês fale para ela..
 " ANA BAHEBIK ya (e o nome dele)" Isso quer dizer que você o ama. Assim você vai perceber a reação dela.. Para um homem árabe é importante mostrar para a familia a mulher que ele ama, é importante saber se a família a aceita. Eles são pessoas BEM famílias, dão muito importância a isso.

É impressionável que você tenha o telefone da casa dele e liberdade para ligar quando quiser, o endereço da casa dele e que conheça TODA A FAMÍLIA pela webcam.. De preferencia TODOS JUNTOS (muito comum todos estarem unidos sempre e isso não é difícil).

Mas te digo SINCERAMENTE (desculpe a sinceridade), infelizmente existem MUITOS homens querendo sair do Egito e eles procuram OPORTUNIDADE para isso.
OPORTUNIDADE = MULHER DE CLASSE MÉDIA (que para eles é considerada RICA) e eles não se importam em casar com uma mulher 30 anos mais velha porque na verdade eles estão buscando uma forma de sair de la...

Hoje é muito difícil conseguir um visto para vir ao Brasil, principalmente se for um visto de turista então a maioria tenta casar por procuração ou manda a mulher ir até o Egito e eles casam e logo depois o visto é conseguido mais facilmente já que existe uma lei que se chama LEI DE UNIÃO FAMILIAR... Se a mulher tiver um filho dele isso fica mais fácil ainda.  

Não envie dinheiro ou presentes caros para ele, mesmo que ele diga que está morrendo de fome ou a mãe morrendo.. Se isso REALMENTE tiver acontecendo ele vai dar um jeito e com certeza não sera você que vai sustentar isso... Se ele ficar com raiva que você não quer ou não pode ajudar, isso é um sinal que ele não presta..

Sabe... eles sabem como deixar uma mulher feliz... Músicas de Tamer Hosny, Amr Diab ou Nancy Ajram são romântica e ele vai te dizer mil vezes ANA BAHEBIK, I LOVE YOU e EU AMO VOCÊ... Você pode estar carente e tal, mas tem que ter os pés no chão, abrir os olhos... ACREDITAR DESACREDITANDO (sem dizer isso a ele).

Sobre ele vir ao Brasil...
CASO ele consiga o visto de turista sem sua ajuda (pouco provável) porque para conseguir o visto precisa ter uma quantia bem alta e movimentações bancárias e as passagens de ida e volta compradas..
Quem vai sustenta-lo no Brasil??
Ele fala português??? Você tem uma empresa para empregar ele aqui?
Não é fácil arrumar um emprego para um estrangeiro e com certeza quem vai sustentar é você!!!


"""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""""

Sei que as vezes somos carentes, já que a maioria dos brasileiros só quer sacanagem, não quer casar e só nos enrola e os egípcios são muito carinhosos e logo falam em casamento e isso nos deixa mais apaixonadas ainda, já que não estamos acostumadas com isso e temos aqueles sonhos de princesa se casando com príncipes.

Mesmo tudo PARECENDO ser um sonho lindo, saiba ver os sinais, saiba descobrir de ele te engana, se só quer casar com você por causa de uma carta convite ou
um visto / possibilidade de vida melhor.

TUDO SOBRE: VISTO, CARTA CONVITE , HOMEM MAIS NOVO COM MULHER MAIS VELHA, O QUE A FAMILAI EGIPCIA PENSA, O DOTE EXISTE?


Beijos, Mary


 Grupo com mais de 300 mulheres com relacionamento com árabes: https://www.facebook.com/groups/habibinoegito/

20 comentários:

  1. Salam querida, estou amando seu blog e suas experiências. Estou viciada em blogs desse tema, pois sou descendente de sírios e fiz alguns amigos muçulmanos. Também estou tentando resgatar esse pedacinho da minha história, e a cada dia me apaixonou mais pelo islã, embora saiba que não conseguiria me encaixar em alguns aspectos. Converso há um tempo com um amigo iraniano que diz me amar e querer casar comigo, rsrsrs. Ele parece dizer isso com muita inocência, mas fico super c pé atrás, é importantíssimo esse trabalho de alertar e esclarecer, sem fantasias, o que realmente é amar um habibi, parabéns pelo blog...

    ResponderExcluir
  2. Eu amo o seu blog. Parabéns. Adoro seus conselhos. Realmente, os egípcios são muito carinhosos, já falam logo em casamento e falam com uma fofura, uma inocência que faz nos apaixonarmos mais por eles... Mas devemos sempre ficar atentas em certas coisas. Conheci um egípcio a mais ou menos 4 meses. Estou sempre de olho nos seus conselhos, sempre lendo seu blog, lendo sobre o que certos egípcios fazem para conseguir sair de lá e estou muito feliz porque desde que conheci meu habibi ele nunca fez nada como esses egípcios de que você nos alerta. Nunca pediu dinheiro, nunca foi aproveitador nem safado. Ele sempre é muito fofo e carinhoso e respeitador comigo Alhamdulillah.
    Mais uma vez: Amo seu blog, você está de parabéns.

    ResponderExcluir
  3. É impressionante como os relatos aqui são parecidos. É mais impressionante ainda como esses homens tem o poder, tem um magnetismo tão forte a ponto de mexer com os nossos sentimentos mais profundos, de nos atrair como ímã. Eu também sou "vítima" de um egípcio, o homem que possui o sorriso mais lindo e delicioso que eu já ví na minha vida. Conheci ele a pouco mais de um mês e não sei o que está acontecendo, mas estou apaixonada pelo cara, fantasio com esse homem o dia inteiro e desejo com todas as minhas forças estar nos braços dele.

    Nos conhecemos no facebook, um belo dia ele me adicionou e começamos a conversar. Em três dias, Ahmed disse "I LOVE YOU". Hã? Como assim "I love you"? Você mal me conhece? -"Mas eu amo você", diz ele. E é assim, com justificativas vazias que eles fogem dos assuntos mais comprometedores. Há um certo mistério nesses egípcios.

    Ahmed tem 25 anos, eu tenho 27. Só há três semanas começamos a conversar pela web cam. Eu, que já tinha pesquisado muito sobre como se comportar diante de um muçulmano, tenho controlado os meus impulsos (e como, hahah - pense em um povo sexy e provocante)...

    No começo, Ahmed veio com papo de carta-convite para me ver. Muito cedo essa história. Liguei as anteninhas e dei uma dispensada básica. Ele nunca mais tocou no assunto. Quando estamos conversando e a impaciência e desejo apertam, eu falo pra ele que quero estar com ele, e ele me volta sobre o assunto, sobre o tal convite. Mas graças a Mary, fiz ele desistir dessa história e usei exatamente os mesmo argumentos que ela descreveu no blog. Ele entendeu (pelo menos foi o que pareceu) e falou que vai fazer de tudo pra conseguir o visto.

    O meu habibi é egípcio, formado em direito, mas vive e trabalha na Arábia Saudita. Não fala praticamente nada de inglês, tampouco português. Discutimos de vez em quando por causa da tradução do google, que muitas vezes distorce o significado das palavras. É uma agonia só, rsrrs! Mas passamos longos períodos apenas nos olhando, e sorrindo, e olhando. Eu vejo a alegria nos olhos dele quando ele me vê na cam.

    Eu estou noiva de um brasileiro, mas nosso relacionamento está desgastado e não sei se vamos para frente. Ahmed apareceu e bagunçou o meu coraçãozinho frágil. Hoje, passo os dias contando as horas pra vê-lo na cam. Ele me manda fotos no trabalho e hoje me mandou fotos da família e dos sobrinhos lindos dele. Meu habibi disse que quer casar e que quer ter doze filhos comigo, rsrsr.

    ResponderExcluir
  4. (continuando o comentário anterior)

    Mas, devo admitir: estou sempre de antenas ligadas, apesar de estar mesmo bastante atraída por esse homem. Ahmed tem um monte de brasileiras e estrangeiras em seu facebook e já vi comentários dele, tipo "Nice", em fotos de piriguetes seminuas, foi antes de me conhecer porque estou sempre monitorando-o, mas não importa. Ahmed tem um fake no facebook. Ele negou que era dele mas é tão inocente e burrinho que colocou o mesmo nome e a data de nascimento dele no fake e estava adicionado lá ele, um amigo em comum nosso e algumas dezenas de piriguetes. Ahmed, na segunda semana em que conversamos, me perguntou se eu faria sexo com ele na web cam. Fiquei P da vida e disse que jamais faria isso, que eu não era como as outras que ele estava conversando, dei um gelo nele e ele implorou pra que eu não desfizesse a amizade no face. Eu desculpei, mas não esqueci.

    Certo dia criei coragem e perguntei tudo isso a ele. Pedi para que ele fosse muito sincero. Mas antes eu o sondei sobre o interesse dele em casar comigo. Perguntei se quando nos casássemos, onde íamos morar. Ele prontamente respondeu: No Egito ou qualquer lugar da Arábia Saudita. Eu disse que não sabia se me adaptaria e se conseguiria viver distante da minha família, que eu choraria todos os dias de saudade dela. Ele me respondeu que poderíamos visitar meus familiares quando eu sentisse saudade. Achei que a resposta dele foi sincera, mas não fiquei satisfeita, então perguntei outro dia, diretamente, todas as minhas dúvidas. Ele me chamou de louca, disse que não tinha interesse algum de vir para o Brasil, que ele vivia bem na Arábia Saudita. Os irmãos dele moram lá, parece que vivem bem pelo que eu vi nas fotos, todos trabalham e tem uma vida estável. Mas tenho dúvidas, muitas dúvidas sobre o caráter do habibi. O sorriso dele é simplesmente tudo, mas é safado, parece aquele sorriso de homem conquistador, sabe?

    Aiiii meninas, eu que me julgava tão espertinha caí nessa, como pude? Juro pra vocês que se eu tivesse dinheiro eu me mandava pro Egito e ficaria com esse homem uma semana fazendo amor o dia inteiro, até me saciar de todo o magnetismo que ele possui. Eu me conheço, não me adaptaria jamais ao estilo de vida islã, apesar de ter uma vida pacata, ser caseira e tal... mas sei lá... Sou tão inconstante. O pior é que eu e ele somos geminianos. Quem entende de astrologia sabe que aí ferra, né? Dois signos que tendem demais a infidelidade, o homem principalmente. Mas eu juro que eu iria, juro que eu viveria essa aventura intensamente, eu entregaria o meu corpo e a minha alma pra ter essa experiência e levá-la para o resto de minha vida, como aconselhou a Fri no blog Amando no Egito.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Eu acho q VC deve investir na sua relação real, ou seja, seu noivado. Se VC acha q não se adaptaria a vida no egito ou Arábia saudita e ele não está disposto a vir pro Brasil e melhor se afastar. O q VC sente por ele e paixão e isso acaba facilmente. Cuidado para não se meter em uma enrascada. VC já tem indícios q ele se relaciona c outras mulheres no face. Melhor deixar pra lá, não acha?

      Excluir
    2. Olá, anônima! Muito obrigada pela resposta. Você tem razão em tudo o que disse. Mas paixão é um negócio que cega a gente, né? Parece que quanto mais a gente quer evitar, quanto mais a gente tenta se afastar, mais a gente deseja e quer estar perto. Eu desisti de sonhar em ser esposa dele, mas adoraria provar do amor árabe, portanto, uma aventurazinha de alguns dias não seria ruim, rsrsrs.

      Excluir
    3. Depois que conhece lo pessoalmente. ....provavel que fique mais louca de amor. .O que eu conheci é muito macho, e isso me virou a cabeça. Alem do valor e respeito que me dá, é isso que sinto falta nos homens do Br. Normal os homens de boa familia (origem) e que seguem as regras do islam nao trair, sao fieis! Quando vc virá p Egito? Vc fala qual idioma? Qual sua cidade no Br. Sou de SP e estou em Sharm. Passa um alô se quiser falr. Bjs e boa sorte

      Excluir
    4. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    5. Depois que conhece lo pessoalmente. ....provavel que fique mais louca de amor. .O que eu conheci é muito macho, e isso me virou a cabeça. Alem do valor e respeito que me dá, é isso que sinto falta nos homens do Br. Normal os homens de boa familia (origem) e que seguem as regras do islam nao trair, sao fieis! Quando vc virá p Egito? Vc fala qual idioma? Qual sua cidade no Br. Sou de SP e estou em Sharm. Passa um alô se quiser falr. Bjs e boa sorte

      Excluir
  5. Ah! Mary, preciso te dizer muito obrigada pelas suas dicas e alertas. Tenha certeza de que você tem ajudado muito as mulheres de seu país que estão nessa situação. Não deixe de postar no seu blog, sou leitora assídua, assim como muitas outras aqui. Não nos abandone, flor do deserto, pleeeeasee! Rsrsrs. Foi uma felicidade imensa ver um novo post no seu blog.

    Só mais uma coisa, eu não quero mesmo ser inconveniente, detesto isso, mas Mary, você passou tanto tento conversando com o seu habibi na web cam, diga-nos como vocês lidavam com os seus desejos sexuais. Vocês simplesmente não tocavam nesse assunto, ele chegou a falar sobre isso alguma vez, como foi isso? É importante pra nós sabermos até que ponto os nossos habibis estão sendo sinceros e respeitosos conosco, pois sua história linda e bem sucedida é um parâmetro para nós.

    Ficaria feliz da conta se vc respondesse e me ajudasse nessa angústia.

    Obrigada, flor!

    ResponderExcluir
  6. http://www.youtube.com/watch?v=w21Et35fwAw

    ResponderExcluir
  7. Estou há 3 meses em um relacionamento vom um. Eu o testei vom 4 fakes de mulheres superbonias e ele não adicionou nenhuma, respondia q tava comprometido e dps ainda me mostrou a conversa entre elas. Daqui um mês estarei indo pra lá. Não sei se conhecerei a família ou amigos. Ele deu as razões. Apenas o melhor amigo poderei conhecer. Isso não é bom. Pra piorar sou bem mais velha q ele... oq eu faço...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estou na mesma e sou 20 anos mais velha nao q o q faço?

      Excluir
  8. Minha gente, sabe o que eu acho? Eu acho que a gente tem que ter pé no chão sim, desconfiar mesmo, não esperar muito desses homens egípcios, porém acredito que assim como a maioria deles quer se aproveitar das brasileiras nós também podemos fazer o mesmo. Vamos nos permitir viver essas paixões, vamo juntar dinheiro, turistar pelo Egito, conhecer o berço da civilização e, de quebra, por que não, viver uma paixão intensa e inesquecível? Sem frio na barriga a vida não tem graça, então arrisquemos. No final, se não der mesmo certo, ao menos, teremos uma experiência em tanto para levar ao túmulo.

    ResponderExcluir
  9. Olá gente... Eu também tenho o ya habibi egípcio. Mas ele é ainda melhor do que a Mary descreve aqui, por que começamos a conversar não pelo face mas em um App de trabalho e fomos nos conhecendo e ficando amigos antes de qualquer coisa, claro que ele sempre com o charme árabe dele hahahahaha. Acredito que ganhei o respeito dele por isso é por minha visão religiosa e respeitosa diante da vida e dos fatos. Não nós buscamos por causa de sexo, bem que poderia se isso é tão normal hoje em dia. Desde o começo deixei bem claro que tinha saído de um casamento e não pretendia entrar em outro logo e que eu não me mostraria nem perderia tempo com um estranho pela internet, pois como sou livre aqui poderia sim ter sexo ou carinho fácil de homens ao vivo e ele entendeu e foi me conquistando aos poucos. Acho que isso o estimulou pois ele foi se apaixonando, e admito que eu também, e começamos a namorar. Sempre sem grandes promessas e na esperança de pelo menos nos conhecermos um dia, nos casando ou não, pois fui bem reista quanto à diferença de culturas e da possibilidade da família dele me aceitar. Aí estamos nesse começo de namoro e eu ainda decidindo se quero mesmo comprar essa briga com o destino para ficar com ele, pois não acredito em contos de fadas e temos muitas coisas contra. Mas eu o amo, ah sim eu o amo. E sei que de alguma forma consigo sentir que o que ele fala é verdade... Seja o que tiver que ser! Casando ou não, ficando juntos ou não, já agradeço a Deus todos os dias por tê-lo encontrado e se assim tiver que ser, que os empecilhos sejam apenas parênteses, e que o nosso amor supere isso tudo! Leia-se isso tudo: sou 4 anos mais velha, divorciada, tenho tatuagem, sou muito livre, enfim, é é ele quem insiste em falar de casamento se tudo der certo, inclusive dizendo que quer que eu conheça a família dele é que enfrentaria tudo pra ficar comigo... E ah, deixo claro pra vcs como terapeuta que sou: não mintam para os seus homens nem se cubram para iludi-los, pois que tipo de relacionamento vcs esperam ter depois? Se ele realmente amar vcs, será do jeito que vcs são! De verdade. Se todo o amor é carinho for de verdade, nem a distância, nem a virgindade, nem a blusa decotada, nem a tatuagem vão importar! Afinal, o que eles buscam nas mulheres ocidentais é justamente um pouco mais de liberdade do que das mulheres que eles têm por lá, então, saibam ser cativantes com a sua verdade. Bjs a todas!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito interessante o que voce disse, achei legal o conselho de que eles procuram na mulher ocidental o que eles não tem por lá, mas a história muda um pouco depois do casamento, para não dizer "bastante". Eles passam a se sentir donos da esposa e o entendimento de liberdade que eles tem é bem diferente do nosso. A mulher quer liberdade de escolhas, tomar decisões, vestir o que quiser, comer e beber o que quiser, educar os filhos do nosso jeito, ter amigos homens, mulheres e gays. Para nós isso é normal mas para eles não. Antes de casar ele aceita tudo fácil, depois do casamento serão as leis dele. Por mais liberal que o homem seja, alguma coisa a brasileira precisa abrir mão se quiser um relacionamento tranquilo.

      Excluir
  10. Estou adorando o seu blog * * encontrei meu lugar certo. Porque também tenho um Habibi. E estou amando e feliz. Tem como me dizer seu email? Bjos

    ResponderExcluir
  11. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  12. Por favor, para as brasileiras casadas com muçulmanos. Por favor me respondam. Vcs só fizeram sexo depois do casamento??????
    Estou apaixonada. Ele pede muito. Mas se eu ceder tenho receio de perde-lo.

    ResponderExcluir
  13. Sei q muçulmano não pode nem tocar na mulher antes do casamento. Mas ele mora aqui no Brasil a 5anos. Pelo menos beijar podemos????

    ResponderExcluir

Oie! Obrigada por participar!
É um prazer receber você aqui.
Beijos, Mary